• CAMELÓDROMO FLORIPA CENTER ASSOPECOM

Florianópolis planeja aumentar reciclagem de 6% para 37%

Todos domicílios serão visitados com orientações sobre separação correta do papel, vidro, metal e plástico



Foto/Divulgação: Cristiano Andujar

Campanha para melhorar coleta seletiva em Florianópolis

Todos os domicílios de Florianópolis serão visitados até 2020 para que participem melhor da coleta seletiva da Comcap. Pelo programa Dê a Mão para Futuro serão distribuídos 250 mil folhetos e 130 mil ímãs de geladeira com instruções sobre como separar adequadamente papel, vidro, metal e plástico para encaminhá-los à reciclagem.


A campanha é uma parceria Prefeitura de Florianópolis, por meio da Comcap, com Associação de Catadores de Materiais Recicláveis (ACMR), Associação Recicladores Esperança (Aresp) e Associação de Catadores de Recicláveis do Alto da Caieira e Serrinha (Recicla Floripa). O programa “Dê a Mão para o Futuro” Reciclagem, Trabalho e Renda é coordenado pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) e realizado em conjunto com a Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Limpeza (Abipla) e a Associação Brasileira das Indústrias de Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi).




Associação de Catadores de Materiais Recicláveis (ACMR)


De acordo com o presidente da Comcap, Carlos Alberto Martins, as associações de catadores têm problemas hoje com a quantidade de rejeito que chega junto dos materiais recicláveis. Em média 25% do que a Comcap coleta nos domicílios e entrega nos galpões de triagem são rejeitos, resíduos que as pessoas descartaram incorretamente para a coleta seletiva, como fraldas descartáveis, seringas ou mesmo embalagens que não foram esvaziadas nem estão limpas.


A Comcap coleta os recicláveis secos – papel, plástico, metal e vidro – nos domicílios em 100% dos bairros de Florianópolis, na maior parte de porta em porta, e também oferece pontos de entrega voluntária.


Responsabilidade compartilhada


Durante o lançamento, Carlão Martins destacou a importância da indústria, representada pela Abihpec, assumir sua responsabilidade no processo de reciclagem. “A Abihpec está dando um grande exemplo como corresponsável na destinação dos produtos pós-consumo ao investir nos empreendimentos de reciclagem”, afirma.


Hoje Florianópolis separa apenas 6% dos resíduos para a coleta seletiva da Comcap. A meta é chegar a 37% dos recicláveis secos em 2020. Para aumentar esse percentual de desvio do aterro sanitário, atendendo exigências do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos.


CLIQUE AQUI para saber os dias e horários da coleta seletiva por bairro




Fonte: PMF



6 visualizações

© 2020 Direitos de Conteúdo: ASSOPECOM e RÁDIO FLORIPA MIX COMUNICAÇÃO
Site criado por Maurício Juchem / RÁDIO FLORIPA MIX COMUNICAÇÃO